quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

As três maiores religiões monoteístas do mundo - Parte 01 Judaísmo

As mais turbulentas religiões monoteístas do mundo atual, o cristianismo, o judaísmo e o islamismo, tiveram por incrível coincidência o nascimento do mesmo lugar poderíamos dizer que o islamismo e o cristianismo são filhos do judaísmo, sendo no caso do islamismo ele pegou também características do cristianismo. Quero só mostrar aqui um breve resumo a fim de entender o cerne de cada religião. Para depois demonstrar a falácia filosófica de um ótimo cantor.


Mas vamos começar com o nosso primeiro “astro”:

Ladies and Getlemen The Judaism

A história do judaísmo é a história de como se desenvolveu a religião principal da comunidade judaica que, ainda que não seja unificada, contém príncipios básicos que a distingue de outras religiões. De acordo com a visão religiosa o judaísmo é uma religião ordenada pelo Criador YHWH*, através de um pacto eterno com o patriarca Abraão e sua descendência. Já os estudiosos crêem que o judaísmo seja fruto da fusão e evolução de mitologias e costumes tribais da região do Levante unificadas posteriormente mediante a consciência de um nacionalismo judaico.
Mas foi com Moises que a religião judaica teve seu real inicio, ele foi um líder político, e o primeiro legislador dos judeus, segundo a lenda judaica ele escreveu os primeiros cinco livros da Bíblia Hebraica, o pentateuco ou Torá, que compõe o Tanakh (a bíblia completa dos judeus) e por isto é considerado o fundador do judaísmo. Moisés segundo ele mesmo em Êxodo foi adotado pela filha do Faraó no Egito, e educado como um príncipe, mas aos 40 matou por cólera um feitor egípcio e é assim levado a fugir, levando claro seus escravos e família, durante 40 anos procura um lugar para se estabelecer, quando acha começa uma incrível e sanguinária matança das tribos que ocupavam o local, morre aos 120 anos e deixa o seu legado para Josué que foi outro líder guerreio e que continua com a matança. Moises entre diversos feitos foi o que recebeu de deus os chamados 10 mandamentos.
Considerações que devemos fazer, são a de lembrar que Moises viveu 40 anos no Egito como príncipe, foi educado e ensinado sobre a cultura e religião egípcia, astronomia e leis, nos entendimentos dos hieróglifos egípcios têm claramente os 10 mandamentos já bem inseridos na cultura, onde lá dizia “Eu nunca roubei” virou “Não Roubarás” onde era “Eu nunca matei” virou “Não matarás” e assim por em diante, não é muito lógico deus dar para Moises uma pedra escrita com suas leis, onde elas são uma clara copia das leis egípcias, poderia ser uma revelação para Moises, mas ele já sabia então não é nenhuma revelação. Então deus não passou as tabuas para Moises ele mesmo as fabricou, o que é muito mais simples, normal e lógico de ter acontecido.
Temos ai claramente uma relação intima com a cultura egípcia, e conforme Moises e seus descendentes foram anexando terras e conquistando povos, foram assimiladas muitas histórias e características, muitas lendas e mitos, como por exemplo a do dilúvio que tem relação a um mito igual para o babilônicos.
Mas o fundamental o que devemos observar aqui que os israelitas, é o povo escolhido por YHWH e eles são o único povo escolhido, os judeus não tinham uma relação muito clara com a vida após a morte, somente após o exílio na Babilônia, foram assimiladas as doutrinas de imortalidade da alma, ressurreição e do juízo final, mas o inferno dos judeus não é eterno, você só faz um tour por lá depois vai para o paraíso, não é muito clara a idéia dos não judeus nesta história, mas todos são considerados como pagãos e portando um não escolhido por Deus, apesar de pequena parcela dos Judeus aceitarem Jesus como o messias, a grande maioria sequer aceita Jesus como um profeta ou rabino, esta também é a visão judaica no caso de Maomé. Quero que guardem isto:


Não Judeu, Não escolhido por YHWH, portanto não digno.

* YHVH é o nome do Deus de Israel, é formado pelas letras hebraicas Yod,Heh,Vav e Heh, leia-se assim mas o judeus não costumam pronunciar o nome do seus deus, pois segundo sua tradição isto seria errado, então a pronuncia correta se perdeu no tempo, mas a latinização da palavra ficou YeHoVah (vertido para português para Jeová), mas entre os judeus este Tetragrama remete a Adhonaí (Soberado Senhor) ou Elohim (Deus como vocábulo deus).

Um comentário:

  1. I must say that this is one of the very best blogs I've ever visited!

    Congrats!

    PALAVROSSAVRVS REX
    http://indoresetter.blogspot.com

    ResponderExcluir