quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

O Caminho das Mulas Taubateanas

Links para esta postagem
O Caminho das Mulas e o Caminho dos Homens


Este post é sobre Taubaté, mas serve para todos estes urbanistas malucos e de mentirinha que existe no Brasil.

Vou citar aqui Le Corbusier, com o seu livro “Urbanisme”. Le Corbusier “O Corvo” foi um grande Urbanista francês do começo do século XX, que utilizava grande quantidade de ironia em seus escritos. E este não foge a regra, logo no começo do livro ele mostra uma cópia do verso de um livro da escola primária francesa contendo diversas figuras geométricas, isto é, quer mostrar que qualquer criança sabe o que é geometria e que esta que é a base para qualquer urbanista.

Mas voltando ao tomo da questão segue um trecho do livro.

“... O homem caminha em linha reta porque tem um objetivo; sabe aonde vai. Decidiu ir a algum lugar e caminha em linha reta.
A mula ziguezagueia, vagueia um pouco, cabeça oca e distraída, ziguezagueia para evitar os grandes pedregulhos, para se esquivar dos barrancos, para buscar a sombra; empenha-se o menos possível.
O homem rege seu sentimento pela razão; refreia os sentimentos e os instintos em proveito do objetivo que tem. Domina o animal com a inteligência. Sua inteligência constrói regras que são o efeito da experiência. A experiência nasce do labor; o homem trabalha para não parecer. Para produzir, é preciso uma linha de conduta; é preciso obedecer às regas da experiência. É preciso pensar antes no resultado.
A mula não pensa em absolutamente nada, senão em ser inteiramente despreocupada....”

Em 1925 Le Corbusier já dizia que existiam muitas mulas planejando Paris e nas cidades do velho continente, bom como ele eu digo que aqui em Taubaté temos muitas mulas planejando o sistema viário.

Eu chamo isto de “Desplanejamento Viário de Taubaté”. Aqui sim precisamos mandar um livro do primário de geometria para os nossos desplanejadores.

Por hoje é só, tentarei dar mais exemplos com o passar do tempo.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

A Constituição, O Natal e a Prefeitura de Taubaté

Links para esta postagem
Eis que estou entrando na cidade de Taubaté (onde resido) e vejo um faixa com os dizeres “O menino Jesus abençoa nossa cidade e os nossos sonhos”. Para o meu espanto ela esta em lugar publico e pior é patrocinada pela Prefeitura Municipal, a minha indignação não poderia ser maior, assim que cheguei em casa resolvi mandar um e-mail para a Ouvidoria da Prefeitura aqui se encontra a conversa que mantive com um tal de Paulo Bonani, que de ex-Gerente do cartão SIM (Sistema Informatizado Municipal), cartão este que nunca funcionou, esta agora a frente da Ouvidoria da Prefeitura, é um ótimo ouvidor por sinal (sic).


Primeiro e-mail meu para a ouvidoria

Gostaria de saber se algum dos vereadores pode me ajudar a explicar as seguintes coisas.

Ontem (15/12/09) o Prefeito da cidade de Taubaté, lançou uma decoração natalina, altamente vinculada a Jesus, usando dinheiro publico, dinheiro de todos os que pagam impostos para Taubaté, e na Constituição Brasileira esta claro que isto é proibido, vejam por si mesmos:

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988
TÍTULO III Da Organização do Estado
CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA

Art. 19. É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios:

I - estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público;

II - recusar fé aos documentos públicos;

III - criar distinções entre brasileiros ou preferências entre si.

Gostaria de saber por que a cidade de Taubaté esta violando um direito universal? E onde esta o respeito ao culto de quem não acredita em Jesus? E porquê por exemplo não houve nenhum tipo de decoração na época do Ramadan (Islã)? Não tem como fazer para todas as religiões porque também a cidade tem ateus e se vivemos em um estado de direito, e para não causar confusão a constituição deixa bem claro que não se deve nenhum culto tem gozo especial. E porque Taubaté tem?

Aguardo resposta Pedro Luis Soethe Cursino


Resposta do Paulo Bonani


Prezado Pedro Luiz,

Legislação não é ciencia exata onde um mais um é dois.

Legislação é algo interpretativo.

Na interpretação do senhor Prefeito e com certeza dos senhores vereadores, os enfeites natalinos fazem parte da tradição de nosso país. (enfeite natalino não é exclusividade de Taubaté) e ajudam no crescimento da economia e geração de empregos da cidade.

A mesma legislação ao qual o senhor se refere tambem permite que qualquer cidadão que sentir-se lesado ou prejudicado de alguma forma, tem o direito de recorrer ao Ministério Público.

O Promotor Público (que tambem interpreta a legislação) poderá acatar ou não um ponto de vista da natureza do que o senhor esta manifestando nessa mensagem e nesse caso, acionar a justiça (onde um Juiz, tambem interpretando a legislação, poderá ou não acatar a essencia da mensagem e determinar ao senhor Prefeito a devolução dos valores gastos nessa decoração aos cofres públicos)..

boa tarde,

Paulo Bonani
Ouvidoria-PMT

Notem a quantidade de vezes que e pessoas que vão passar pelo processo de interpretar a Constituição, ele até com base nela me recomenda procurar um Promotor, mas será que isto também não interpretativo? Para esclarecer isto resolvi responder o e-mail com um pouco mais de idéias e ilustração.

Segundo e-mail para a Ouvidoria em resposta ao Paulo

Prezado Paulo

Vale salientar que não sou contra ao enfeite natalino, o problema estão nas faixas em todas as principais entradas de Taubaté onde nelas contem a frase “O menino Jesus abençoa nossa cidade e os nossos sonhos” e eu entendo que a constituição brasileira tem peculiaridades lexicais e ortográficas, que somente com muito estudo e aprofundamento que podemos entender alguns pontos, mas mesmo com todos estes itens o que se lê é límpido e claro em muitas partes, não há prestidigitações de interpretação nem casuísticas de linguagem que admitam uma leitura diferente, pois a faixa patrocinada pela Prefeitura de Taubaté é claramente um culto a uma religião especifica e isto não é interpretativo.

Você argumenta que o uso desta decoração beneficia o comercio local e que varias cidades utilizam disto, concordo plenamente que beneficia, mas as cidades podem escolher respeitar a constituição fazendo uma decoração laica e que represente a coletividade do município, o Sr. Prefeito é um representando eleito desta coletividade onde é composta de um gradiente de cultos, e não deve em maneira alguma dar preferência a um culto em especifico em detrimento a outros, por mais que ele seja o culto da maioria. Este tipo de manifestação religiosa deve partir das instituições religiosas, pois só participam delas os que assim desejarem, mas um órgão publico não pode ter preferências, não vejo na arvore de natal de São Paulo (capital) nenhum apelo religioso ela é uma arvore que representa a coletividade dos munícipes, como deveriam ser os enfeites taubateanos.

Digo que uma faixa com os dizeres acima mencionados não ajudam em nada o comercio local, pois alem de ser anticonstitucional não tem apelo comercial e se tiver devo lembrar que o próprio Jesus era contra usar o nome de Deus para o comercio, uma frase do tipo "Bem-vindos a Taubaté, nos taubateanos agradecemos sua visita e tenha um ótimo Natal e um Feliz Ano Novo" ou "O povo de Taubaté te deseja um ótimo Natal e um Feliz Ano Novo" mais afetiva e constitucionalmente correta.

Só deixando claro mais um coisa antes que você diga que o Natal é evidente comemoração do nascimento de Jesus, o que não é verdade, como o senhor deve saber 25 de Dezembro no hemisfério norte é inverno e Jesus não nasceu no inverno se lermos as descrições de seu nascimento contidas nos evangelhos, o dia 25 de dezembro foi escolhido pela Igreja Católica por volta do século 3 e 4 para se juntar as comemorações pagãs do solstício de inverno que eram comemoradas a séculos muito antes de Jesus, existem comemorações deste tipo nesta data registradas em quase todas as culturas antigas, alem disto com o passar dos anos a comemoração natalina foi secularizada com a criação do papai Noel, arvores de natal e toda a decoração natalina sem motivos religiosos representando assim todas as crenças sem ferir ou evidenciar nenhuma delas. Vale lembrar que Natal vem etimologicamente de natalidade de alguém ou alguma coisa, e podemos usar isto comemorar o nascimento de Jesus, ou de uma nova vida, ou de um novo ano, cada um com o seu culto, cada um com a sua cultura, e a Prefeitura de Taubaté deveria respeitar isto de todos os munícipes, pois os representa em sua totalidade.

O que eu quero é uma resposta descente sobre o porque da preferência religiosa da PMT, já que ela representa todas as pessoas e todos os cultos e de todos até que não tem religião alguma e é lógico que me sinto lesado, mas não tenho tempo nem recursos para ir atrás da promotoria publica, trabalho 12hs por dia para poder pagar os meus impostos, infelizmente isto devia partir das autoridades constituídas e não de um munícipe.

Bom Dia
Pedro Soethe

Segunda resposta do Paulo Bonani

Prezado Pedro,

Tambem trabalho em torno de 12 horas por dia e tambem pago meus impostos.

Antes de sermos funcionários da Prefeitura tambem somos municipes.

Não entendi bem o que seria uma "resposta descente" (?)

E não entendi também o porque de necessitar de "outra" resposta (?)

Eu até estaria disposto a dar outra resposta se voce tivesse encontrado dificuldades de entender ou interpretar meu texto, coisa que pela sua última mensagem ficou claro não ter ocorrido...

boa tarde,

boas festas e um ano novo repleto de realizações
Paulo Bonani
Ouvidoria-PMT

Com este e-mail não resta mais duvidas e da velada confissão, porque ou ele não entendeu nada (duvido (às vezes só)) ou esta se fazendo de bobo (provavelmente) ela sabe muito bem que não respondeu minha pergunta e sabe muito bem que esta errado e assim se esquiva, se ele não entendeu o que seria um resposta decente ele pode ser tudo menos Ouvidor do Município de Taubaté, mas para remediar qualquer duvida sobre o assunto resolvi mandar mais um e-mail com a pergunta mais direta possível.


Terceiro e-mail para o Paulo

Prezado Paulo,

Eu entendi o seu texto, acho que o senhor não entendeu o meu, pois seu texto não respondeu o porque do motivo religioso e vou ser claro na pergunta.

Se a PMT representa a coletividade dos moradores de Taubaté porque colocar uma faixa pedindo que Jesus me abençoe? Não sou cristão e pago os meus impostos, logo a PMT não deveria privilegiar um culto em especifico já que neste caso ela esta me excluindo. A minha pergunta é "Porque um órgão publico usa o dinheiro publico para privilegiar um culto em especifico?"

É para esta pergunta que espero uma resposta descente e não falar que a constituição é interpretativa quando claramente ela não é.

Boar Tarde
Boas Festas e muitas felicidades
Pedro Soethe

Após este e-mail não tive mais nenhuma resposta por parte do nosso amigo da ouvidoria, isto só prova a ineficiência do poder publico onde qualquer pessoa é colocada a frente da ouvidoria, uma pessoa sem nenhuma instrução e ou qualidade para tal trabalho, mostra também como os nossos governadores passam por cima da constituição brasileira e tratam as minorias como se não existissem acho que eles se esquecem que um dia o cristianismo também foi uma minoria, e o principal que eles governam para todas as pessoas e não para um grupo ou religião a Prefeitura Municipal de Taubaté é infestada de pessoas ignorantes e incapazes de executar qualquer tipo de projeto e falo isto em todas as áreas e só dar um pequeno passeio e vamos ver as belas porcarias na engenharia viária, no urbanismo, na saúde e na educação, um prefeito sem moral e afundado em denuncias que não ideologia e muda de partido como muda de calças, estamos fadados a suportar pessoas ignorantes nos governando sendo assim temos Paulos Bonanis aos montes nas prefeituras brasileiras.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Representantes de Deus

Links para esta postagem
http://noticias.uol.com.br/ultnot/internacional/2009/12/11/ult1859u2035.jhtm

Leia primeiro a reportagem, após isto vamos a algumas considerações.

Vocês sabiam que quando um padre é ordenado ele ganha poderes mágicos? Segundo a mitologia católica ele consegue transformar uma rodela branca de trigo e água no corpo de Jesus e transformar o vinho em sangue de Jesus, só o padre ordenado é capaz desta proeza, tenha inveja Harry Potter nem você consegue isto, alem disto também é o único que consegue perdoar os pecados das pessoas, ele é tipo um antivírus para as angustias humanas. O que eu não entendo é como deus compartilha o seu poder (um tanto inútil) de transformar rodelas em corpo e vinho em sangue e não evita que o crápula abuse de criançinhas? E o pior como uma pessoa como o Papa no seu maior cinismo só diz agora que "compartilha a indignação" o que é diabos é compartilhar indignação? É tipo:


- Bom dia chefe estou indignado com a atuação de nossa diretoria neste assunto X.
- Sim, compartilho com a sua indignação e vou resolver isto.


Ou seria


- Bom dia chefe estou indignado com a atuação de nossa diretoria neste assunto X.
- Sim, compartilho com a sua indignação, mas não posso fazer nada.


E convenhamos são 40 anos de abusos, e o Papa não sabia de nada? E olhe segundo a mitologia católica, o Papa tem acesso direto com deus é o tal "o que ligares na terra, será ligado no céu, o que for desligado na terra será desligado no céu" blá blá blá, eu sei que é difícil acreditar nisto e até acho que o próprio Papa não acredita, mas 40 anos e fazer esta cara de indignado? Mesmo sem a ajuda de deus, ninguém sabia? O poder secular que teve que fazer o trabalho todo? Não adianta, eu me pego nos detalhes, para mim a coisa é simples se uma lei da física diz que um corpo em repouso tende a se manter em repouso até que uma força maior vença o seu peso e o atrito para tirar ele do repouso e esta lei funciona para tudo no mundo inteiro, sempre e nunca em nenhuma hipótese ou situação algo com força menor que o peso e o atrito conseguiu tirar ele do repouso, e quando na religião alguém fala que o padre tem poderes e faz estas coisas é como se acontecesse de um força menor tirar um corpo mais pesado e com maior atrito do repouso, isto é, a lei esta errada, isto é, o padre não tem poder nenhum, isto é, é só mais um humano que usa de sua insígnia para praticar o mal, mas na cabeça dele “como sou um homem de deus, ele esta permitindo isto, pois do contrário não me daria estas vontades que tenho, já que me deu o poder de transformar então ele me da estas vontades também”. Só me pergunto até quando vamos viver nesta escuridão até quando?

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Stop at Two - Make Love don´t Make Children

Links para esta postagem
http://info.abril.com.br/noticias/tecnologias-verdes/pare-no-segundo-filho-diz-estudo-04122009-19.shl

Vejam esta reportagem muito boa. Incrível que comentei com minha namorada estes dias que não adianta diminuir a quantidade de CO2 lançada o que tem que diminuir é quantidade dos principais emissores de CO2, que são os humanos, tanto na parte biológica, como também em termos de produção industrial, menos gente, menos tudo e os humanos são tão nocivos ao meio ambiente que cada pessoa que vive em média 70 anos produz mais poluição que muitas fabricas, nosso aproveitamento energético é ridículo, precisamos grandes quantidades de ar, comida, água para sobreviver e quase tudo é devolvido para a natureza em forma de dejetos, se comemos 1kg de alimentos devolvemos quase todo ele depois de alguns dias, o ar entra bom sai CO2 (poluindo 24h por dia o ar), água somos um filtro ao contrário ela entra pega tudo de porcaria no corpo e sai poluída, não precisamos sair matando todo mundo mas precisamos diminuir a produção de pessoas no mundo, vou lançar uma frase tipo "We Can" ela é a MLMC "Make Love don´t Make Children" sem radicalismo como diz a reportagem pare no segundo filho.



Os dois paises mais populosos são a China e a Índia juntos tem quase a metade da população mundial. A instituição mencionada esta na Índia trabalhando, a China tem um controle populacional muito bom, mas lá eles já estouraram a capacidade de controle, tende a estabilizar. Mas isto devia ser matéria de aula nas escolas publicas, valendo nota "Planejamento familiar". Hoje estamos com uma biocapacidade em torno de 2,1 gha/cap isto é 2,1 hectares globais por pessoa, 2,1 hectares (21mil m²) até pode ser bastante coisa para uma pessoa, mas lembremos não estamos sozinhos no mundo temos que dividir isto tudo com todas as espécies de animais e plantas, estudos dizem que devemos ter cerca de 3.3gha/cap o que representa 3.4 bilhões de pessoas como população ótima máxima, estamos com 6.5 bilhões é muita coisa mesmo, apesar que no Brasil este numero esta em 4,4 gha/cap (muito bom) mas se tirarmos a Amazônia vai para modestos 2,7 gha/cap fora a concentração exagerada em alguns pontos o estado de São Paulo por exemplo é pior que a média mundial 1,67gha/cap, no Brasil esta mais fácil chegar aos 3,3 gha/cap (158milhões de pessoas, hoje temos 195milhões de pessoas) mas ainda temos que redistribuir estas pessoas, bom espero que os governantes e planejadores saibam destes números (se for para apostar eu digo que não sabem)

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

O Humano, A Evolução e A Máquina Pt 02

Links para esta postagem
Richard Dawkins descreve uma forma interessante do que eu estava querendo dizer no post anterior, ele em certos termos tem uma visão parecida como a minha, mas divago no final para outros lados, eu não sei a opinião dele sobre a minha teoria (lógico), mas ele põe mais uma função as máquinas principalmente as que transmitem informações que de certa forma neste ponto complementa minha teoria, alem de dependermos das máquinas elas ainda nos ajudam passar para frente nossas características, como não somos só entidades biológicas, conseguimos por meio das máquinas criar um tipo de replicador como o DNA, transmitindo nossa cultura e nossos conhecimentos de geração para geração, talvez um dia as máquinas se auto repliquem transformando nossas informações criando mutações melhorando automaticamente o que fazemos (talvez o corretor de texto do word já algo primitivo disto), bom isto é um tipo de complementação do que eu estava falando antes sobre o futuro da evolução humana, se unir as máquinas não é uma coisa ruim, ajuda e melhora nossas chances de passar a frente nosso DNA e de sobrevivência.



"...Em "O gene egoísta" especulei que podemos estar agora no limiar de um novo tipo de usurpação genética. Os replicadores de DNA construíram para sim mesmos "máquinas de sobrevivência" p os corpos dos organismos vivos, inclusive o nosso. Como parte de seu equipamento, evoluiu nos corpos um computador de bordo: o cérebro. O cérebro desenvolveu pela evolução a capacidade de comunicar-se com outros cérebros por meio de linguagem e tradições culturais. Mas o novo meio de tradição cultural abre novas possibilidades para entidades auto-replicadoras. Os novos replicadores não são DNA nem cristais de argila: são padrões de informação que podem desenvolver-se apensas em cérebros ou em produtos que os cérebros confeccionam artificialmente - livros, computadores etc. Mas, dado que cérebro, livros e computadores existem, esses novos replicadores, que batizei de "memes" para distingui-los dos genes, podem propagar-se de um cérebro a outro, de um cérebro para um livro, de um livro para o cérebro, do cérebro para o computador, de um computador para outro. À medida que se propagam, eles podem se alterar - sofrem mutação. E talvez memes "mutantes" possam exercer os tipos de influência que aqui denomino "poder do replicador". Lembremos que isto significa qualquer tipo de influência que afeta sua própria probabilidade propagar-se..."

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

O mundo carece de um líder

Links para esta postagem
James Hasen (cientista da Nasa) foi muito feliz ao fazer o seguinte comentário.



"Isso é análogo à questão da escravidão enfrentada por Abraham Lincoln ou a questão do nazismo enfrentada por Winston Churchill", afirmou. "Nesse tipo de questão, não se pode fazer concessões. Não se pode dizer 'Vamos reduzir a escravidão, vamos encontrar um acordo e reduzi-la em 50 ou 40 por cento'. Não temos um líder que seja capaz de captar isso e dizer o que é realmente necessário."


Precisamos de um líder que saiba como lidar com a situação, precisamos de pessoas que entendam que sem o meio ambiente não irá existir mais humanos e não adianta rezar (não mesmo), e sem humanos não vai existir consumo, fabricas e o tão bonitinho "crescimento econômico" será que milhões de pessoas devem morrer primeiro?

 
Mas se os lideres são horríveis as pessoas que eles representam são piores ainda, ninguém promove nem sequer um embargo econômico as empresas poluidoras e da crédito para as que são limpas, precisamos mais do que nunca de conscientização em nível mundial, não adianta deixar na mão de 15 pessoas a vida de 6 bilhões de outras, vamos mudar ou será tarde demais.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Um pouco de humor

Links para esta postagem
Ator e comediante conta como se tornou ateu e fala um pouco sobre criacionismo logo em seguida. (eu tenho uma opinião muito parecida com a dele)

Ps. Para habilitar a legenda clique no canto inferior direito na opção de "Habilitar Legenda" em seguida volte o filme. ;-)




Piada de mau gosto?

Links para esta postagem
'O Brasil mandou 50 strippers e meio quilo de pó', disse o ator.
Williams foi entrevistado em programa popular nos EUA.



http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL1398217-5606,00-ROBIN+WILLIAMS+FAZ+PIADA+DE+MAU+GOSTO+SOBRE+ESCOLHA+DO+RIO+PARA+AS+OLIMPIAD.html
Segundo o G1 a piada do Robin Williams foi de mau gosto, eu achei ela é muito engraçada, o pó deve ter vindo do tráfico de drogas que domina a sede da futura Olimpíada. Não é porque sou brasileiro que devo concordar com esta palhaçada de falso nacionalismo que a Globo esta fazendo, este oba oba que o Rio de Janeiro é lindo e maravilhoso é a mais pura mentira.