domingo, 26 de abril de 2009

Ensino, Escolas e Vida

Links para esta postagem
Isto aqui é só um pequeno in sight, sobre como devemos nos adaptar aos novos tempos que surgem graças à ciência e a compreensão de que vale a pena ser feliz neste mundo e não ficar esperando a felicidade em hipotéticos e alucinógenos locais pós-morte.

Recentemente o Brasil atingiu a taxa de natalidade de 1,80 filhos por mulher isto é menor que a taxa de reposição que é de 2 filhos por mulher, isto é, nasce menos pessoas do que morrem, e graças aos avanços científicos do ultimo século duplicou-se a expectativa de vida das pessoas, ora teremos menos jovens em algumas décadas, isto nos leva a dois tipos de pensamento o primeiro se diz respeito à evidente e drástica diminuição de alunos nas escolas particulares e até publicas, primeiro será nas particulares, mas hoje ainda não é sentido esta ordem nas escolas particulares, talvez pela maior inserção da classe C, mas a classe A e B brasileira não estão tendo filhos, logo estas escolas terão em breve sérios problemas de quantidade de alunos, não estou falando que isto vai acontecer amanhã ou ano que vem, segundo as estatísticas confrontando com a evidente entrada da classe C presumo que daqui 10 ou 15 anos não só as particulares estarão com falta de alunos como as publicas também vão estar sentido os primeiros reflexos, lógico que tenho noção da alta porcentagem de evasão escolar que temos hoje, mas os programas educacionais realizados principalmente em São Paulo com a progressão continuada tende a resolver este problema nos próximos anos, se hoje temos que educar as crianças da época que a taxa de natalidade era 2,50 obviamente sobrará vagas quando iremos educar as crianças que vêem da taxa de natalidade de 1,80, mesmo sendo uma média em que a taxa de natalidade das classes A e B são menores e as da C e D são maiores, logo o colapso das escolas particulares é inevitável. Sobre isto nossos governos devem (espero) estar cientes e devem (espero) e trabalhar com estes números a fim no momento certo parar de construir escolas e melhorar o ensino existente.
O caso de nascerem menos pessoas é real e por mais que possamos protelar esta acontecendo e irá alterar alguns aspectos sociais, mas o maior aspecto social que será alterado é o meu segundo pensamento este ainda carece de mais observações mas com certeza esta ocorrendo, hoje os filhos demoram mais para sair das casas dos pais, hoje eles fazem uma faculdade e não casam, hoje ter 30 anos e não ter filhos é quase que normal, hoje as pessoas vivem mais. A pressão evolucionária tirou a preocupação da procriação desesperada onde éra necessário ter muito filhos, hoje a pressão exercida sobre os humanos é de que não adianta ter muitos filhos se não conseguir efetivamente dar o melhor para todos, hoje basta poucos, vale mais 1 filho bem sucedido que 10 vagando pelo mundo sem saber o que fazer, isto é algo pensado? Não isto é causa da evolução das espécies, causa da seleção natural e social, isto proporciona a primeira parte do meu pensamento, mas o que realmente possibilitou a retirada desta pressão sobre os humanos foi a ciência, onde antes eu tinha que procriar antes dos 20 para assim conseguir criar e soltar meu filho pelo mundo antes dos 40 era sem duvida uma obrigação pois eu sabia que dos 40 provavelmente não ia passar, hoje eu sei que vou viver se nada me acontecer de extraordinário até os 75 ou 80anos, não preciso fazer um filho antes dos 20 nem antes dos 30 vou fazer o que? Estruturar-me a fim de conseguir dar as melhores chances para que o meu filho sobreviva e em um mundo com 6 bilhões de pessoas isto é fundamental.
Aqui saímos dos filhos e voltamos para nós, posso dizer que não existe a pressão evolucionaria mas a pressão social existe e como existe, se temos 80 anos de existência para que eu tenho que viver neste desespero? Eu preciso fazer tudo o que eu tenho que fazer antes dos 40? Chegar aos 40 sem estar casado e sem filho é um impedimento muito forte do ponto de vista social, o caso do Kassab foi clássico, ainda se usa isto para medir a moral de uma pessoa. Ora hoje muitos preferem viver um pouco mais se divertir um pouco mais ou até estudar e trabalhar um pouco mais do que já jogar sua vida a disposição das suas crias, isto é errado? Eu acho que não e no futuro tais pessoas mais vividas conseguiram criar melhor seus filhos que os despreparados de 20 e poucos anos.
Seguindo este pensamento que iremos viver mais uns preferem viver uma só vida longa e bem distribuída, mas mesmo assim alguns vão poder escolher viver duas vidas a primeira como teste talvez até os 45anos por exemplo e a segunda vida ele poderá fazer o que bem entender talvez o que sempre quis fazer, não digo que isto hoje possa acontecer com plenitude mas nossa geração e a próxima esta sim que talvez viva 100 ou 120 anos, parece muito tempo mas é a expectativa de vida se nada e digo nada novo de grandioso for descoberto pela ciência, se somente uma pequena parte do que promete o estudo com células troncos se tornar realidade a expectativa de vida pode explodir , tenho comigo que daqui umas décadas talvez um século, não teremos impedimentos científicos para morrer, mas muito provavelmente eu e você não entre nesta onda de viver tanto, talvez nem nossos filhos, mas nossos netos estes sim podem se preparar para viver um vida maior, mas relaxada e planejada, poderá fazer 5 faculdades e trabalhar na área de cada uma em plenitude poderá ter projetos longos, conhecer lugares com tranquilidade, conhecer o amor da vida dele e ter filhos sem pressão, será um admirável mundo novo.
Se antes falávamos que a vida começava aos 40 hoje nos permitimos a já avançar 10 anos e dizer que a vida começa aos 50 não porque demoramos mais para alcançar o que queríamos porque somos mais burros, mas porque não temos tanta pressa e pressão, para que fazer tão rápido? Temos muito tempo para fazer tudo, e assim desta maneira podemos ser felizes aqui mesmo e não ficar rezando para algo ou alguma coisa nos propiciar algo melhor após nossa morte, ora vamos transformar aqui no paraíso e nas palavras de John Lennon:
“…Imagine there´s no haven
It´s easy if you try
No hell below us
Above us only sky
Image all the people
Living for today…”

John podia ser um sonhador, mas estava correto quando disse estas palavras, vamos esquecer o depois e vamos viver o mundo e o hoje, pois agora temos o tempo que quisermos para sermos felizes aqui.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Ele morreu na cruz para nos salvar?

Links para esta postagem
Talvez em toda sua história a parte que mais é estranha a Jesus é a sua morte, sempre foi um homem pacifista, um homem que tentava mostrar o amor e o perdão como bases de uma moral, emancipou a mulher, um adendo, esta parte devidamente limada dos evangelhos escolhidos como sendo “oficiais” pela igreja, sabe-se hoje que os ditos evangelhos apócrifos mostram o Jesus mais humano que é pinçado em alguns momentos nos ditos oficiais, devemos lembrar que estes quatro evangelhos hoje constantes na bíblia não são como posso dizer os únicos verdadeiros e não eram assim considerados nem na época do conselho de Nicéia, foi o Bispo Irineu de Lyon o primeiro a sugerir que seriam quatro evangelhos nem mais nem menos e isto seguindo uma indicação um tanto infantil sobre os quatro prontos cardeais etc, etc, etc. Mas mesmo assim os textos apócrifos eram considerados de difícil leitura e que assim não deveriam ser colocados para o grande publico, mas somente para consulta interna, os quatro escolhidos eram mais simples e mais conciliadores com as opiniões na época, não eram polêmicos como o de Madalena, Tiago e Pedro e tinham um enredo mais fechado dando mais ênfase a um Jesus divino e menos humano com mais milagres, mágicas, traições e morte, por exemplo, o evangelho atribuído a Judas diz que Jesus combinou com o proprio Judas a traição, não é muito claro o porque Jesus queria fazer isto, talvez e como entendemos em diante Jesus não foi o primeiro a morrer por uma causa que pregava, a entrega da vida para defender algo é antiguíssimo até hoje quantos soldados, policiais, bombeiros não doam sua vida pelo bem de outras pessoas, e Jesus a época sentia as mazelas do povo e ele pelo o que entendemos também talvez por ele saber que era diferente de todos naquela sociedade com um entendimento maior sobre o que a vida representa, chega em um momento, em que por mais que ele instigue e dite seus ensinamentos a coisa continuava do mesmo jeito ninguém lhe dava ouvidos a não ser poucos discípulos, Jesus intrigado com esta situação decide então fazer uma permuta com deus, morreria para salvar o mundo e assim deus perdoaria todos os pecados dos humanos, obviamente que os evangelhos mostram que deus deu um certo tipo de alvará para Jesus fazer isto e que sim o mundo seria salvo, bom ai entramos na parte critica da coisa, primeiro porque deus precisa deste sacrifício para salvar o mundo? Será que ele tem que sacrificar uma pessoa daquela forma para salvar a humanidade? Não podia simplesmente salvar sem o sacrifício? Segundo e para mim mais critica ainda, a humanidade não foi salva e ao contrário muitas coisas simplesmente piorarão muito, guerras santas, perseguições contra judeus, injustificada perseguição contra as mulheres, perseguição contra a ciência existente ainda hoje, uma gama de preconceitos incríveis, fora os problemas que já existiam que não foram solucionados, inclusive após 2009 anos após sua morte a coisa melhorou e piorou por mais incrível que possa ser os países mais seculares do oeste Europeu (com grande quantidade de ateus e pessoas sem religião) melhoraram muito, em contrapartida nos países mais religiosos onde a incidência de crimes e intolerância é gigantesca, se formos olhar assim a educação, informação e o esclarecimento tem feito muito mais que o sacrifício do jovem judeu da palestina e para mim por mais belas e revolucionárias palavras que Jesus proferiu se perdem neste ultimo ato desesperado de chamar deus a prestar atenção neste planeta e no final como estamos vendo não valeu em nada seu sacrifício pois o homem continua perdido e sem referencia.
Jesus morreu na cruz esperando por deus e no final ele percebeu que deus não viria e como ele não veio e não virá, porque por hora ou não existe ou não faz questão deste planeta.
A compreensão humana não é um exame desinteressado, mas recebe infusões da vontade e dos afetos; disso se originam ciências que podem ser chamadas ‘ciências conforme a nossa vontade’. Pois um homem acredita mais facilmente no que gostaria que fosse verdade. Assim, ele rejeita coisas difíceis pela impaciência de pesquisar; coisas sensatas, porque diminuem a esperança; as coisas mais profundas da natureza, por superstição; a luz da experiência, por arrogância e orgulho; coisas que não são comumente aceitas, por deferência à opinião do vulgo. Em suma, inúmeras são as maneiras, e às vezes imperceptíveis, pelas quais os afetos colorem e contaminam o entendimento.” Francis Bacon

Alguns Links Interessantes

terça-feira, 7 de abril de 2009

Carl Sagan

Links para esta postagem


Carl Edward Sagan foi um cientista e astrônomo dos Estados Unidos da América. Em 1960, obteve o título de doutor pela Universidade de Chicago. Dedicou-se à pesquisa e à divulgação da astronomia, como também ao estudo da chamada exobiologia. Foi um excelente divulgador da ciência (considerado por muitos e por mim o maior divulgador da ciência que o mundo já conheceu). Trabalhou no projeto Apollo, chefiou os projetos Mariner e Viking. Participou do e das missões Voyager e Galileu, na Voyager ele que teve a idéia e produziu o disco contendo informações sobre a raça humana que viaja junto da Voayger, que hoje já saiu do sistema solar e esta caminhando para outras estrelas. Foi decisivo na explicação do efeito estufa em Venus, descobriu moléculas orgânicas em Titã, satélite de Saturno. Escreveu diversos livros sobre ciências e tentou sempre mostrar que a ciência não é um corpo de estudo frio e anti-humano. Escreveu e produziu a série de TV Cosmos que recebeu o premio Emmy, um dos seus livros mais famosos “Os Dragões do Eden” ganhou o premio Pulitizer, foi condecorado com importantes medalhas de honra ao mérito nos EUA e também na Rússia um fato raríssimo, seu livro Contato um romance cientifico virou filme. Carl Sagan sempre foi uma pessoa que defendeu suas idéias e por isto foi várias acusado de causar polemicas, cético mas espirituoso, nunca aceitou a idéia corrente sobre deus, sempre confrontou e acabou morrendo sem nunca ter encontrado deus e não foi por falta de procurar, sempre procurou deus, mas foi uma pessoa que não aceitava qualquer coisa como prova da existência, e por isto acabou morrendo sabendo que deus provavelmente não existe, um homem espetacular, espirituoso, otimista com os humanos e o universo, assistir a série Cosmos é como uma injeção incrível de ciência e humanidade.

Aqui coloquei algumas frases retiradas dos seus livros que mostram um pouco do que é Carl Sagan e o como ele pensava:

“O universo não foi feito à medida do ser humano, mas tampouco lhe é adverso: é-lhe indiferente.”


“A História está repleta de pessoas que, como resultado do medo, ou por ignorância, ou por cobiça de poder, destruíram conhecimentos de imensurável valor que em verdade pertenciam a todos nós. Nós não devemos deixar isso acontecer de novo.”



“O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida.”



“A vida é apenas uma visão momentânea das maravilhas deste assombroso universo, e é triste que tantos se desgastem sonhando com fantasias espirituais.”



“E se o mundo não corresponde em todos os aspectos a nossos desejos, é culpa da ciência ou dos que querem impor seus desejos ao mundo?”

“A idéia de que Deus é um gigante barbudo de pele branca sentado no céu é ridícula. Mas se, com esse conceito, você se referir a um conjunto de leis físicas que regem o Universo, então claramente existe um Deus. Só que Ele é emocionalmente frustrante: afinal, não faz muito sentido rezar para a lei da gravidade!”


“Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar.”




“Existem muitas hipóteses em ciência que estão erradas. Isso é perfeitamente aceitável, eles são a abertura para achar as que estão certas.”




“O cérebro é como um músculo. Quando pensamos bem, nos sentimos bem.”




“Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço.”




“O que é mais assustador?
A idéia de extraterrestres em mundos estranhos, ou a idéia de que, em todo este imenso universo, nós estamos sozinhos?”



"A química que produz a vida é reproduzida facilmente por todo o cosmo. Parece improvável que sejamos os únicos seres inteligentes. É possível mas improvável!"



"Na ciência é bem comum um cientista dizer, Quer saber, seu argumento é realmente bom; minha posição estava errada, e então eles realmente irão mudar de opinião e nunca mais irão voltar na antiga novamente. Eles realmente fazem isso."



"A profecia é uma arte inútil".



"Alegações extraordinárias exigem provas extraordinárias."



"Para poder fazer uma torta de maçãs do nada, você deve antes criar o universo."



"A ciência não é apenas compatível com a espiritualidade; ela é uma profunda fonte de espiritualidade."



"Em algum lugar, algo incrível está esperando para ser descoberto."



"Em toda e qualquer cultura, imaginamos o Universo governado por algo parecido com nosso próprio sistema político. Poucos acham a similaridade suspeita".



"Um clero celibatário é uma idéia especialmente boa porque ela tende a suprimir qualquer tendência hereditária ao fanatismo".



"O que estou dizendo é que, se Deus nos quisesse enviar uma mensagem, e escrever em papéis antigos foi a única forma que ele encontrou de fazer isso, ele poderia ter feito um trabalho melhor."



"Ciência é muito mais uma maneira de pensar do que um corpo de conhecimento"


"Quase morrer é uma experiência tão positiva e construtora do caráter, que a recomendaria a todos - não fosse, é claro, o elemento irredutível e essencial do risco."



"Para mim, é muito melhor compreender o universo como ele realmente é do que persistir no engano, por mais satisfatório e tranquilizador que possa parecer."



Frases retiradas do excelente e para mim um dos melhores livros já escritos “O Mundo Assombrado por demônios”



"Se você quiser salvar seu filho da poliomelite, você pode tentar rezar ou você pode usar uma injeção... Tente a ciência."



"A credulidade mata."



"A um Deus das Lacunas é atribuída a responsabilidade pelo que ainda não compreendemos."



"Prefiro a verdade dura à fantasia consoladora pois, no cômputo final, os fatos geralmente revelam-se mais consoladores".



"Ausência de evidência não é evidência de ausência."



"Podemos rezar pela vítima do cólera, ou podemos lhe dar quinhentas miligramas de tetraciclina a cada doze horas. (Ainda existe uma religião, a ciência cristã, que nega a teoria que atribui as doenças a micróbios; se a oração não produz efeito, o fiel prefere que os filhos morram a lhes dar antibióticos.)"



"A não ser dividindo a mente em compartimentos herméticos separados, como é possível voar em aeroplanos, escutar rádio ou tomar antibióticos, sustentando ao mesmo tempo que a Terra tem cerca de 10 mil anos ou que todos os sagitarianos são gregários e afáveis?"



"[Os livros] Permitem que pessoas há muito tempo mortas falem dentro de nossas cabeças. Os livros podem nos acompanhar por toda parte. Pacientes quando custamos a compreender, eles nos deixam rever as partes difíceis quantas vezes desejarmos, e jamais criticam nossos lapsos. Os livros são essenciais para compreender o mundo e participar de uma sociedade democrática."

Quando morreu entrevistaram sua esposa Ann Druyan veja um trecho que acho o que resume como e no que Carl pensava.

“– ‘Não houve conversão no leito de morte’, disse Druyan, ‘Nenhum apelo a Deus, nenhuma esperança sobre uma vida pós-morte, nenhuma pretensão que ele e eu, que fomos inseparáveis por vinte anos, não estávamos dizendo adeus para sempre’.
– ‘Ele não queria acreditar?’, ela perguntou.
– ‘Carl nunca quis acreditar’, ela respondeu ferozmente, ‘Ele quis saber.’”

É isto que resume o meu pensamento eu não quero acreditar eu quero saber.