quarta-feira, 22 de julho de 2009

Esqueça o deus dos humanos

Links para esta postagem
“Por simples bom senso, não acredito em Deus. Em nenhum.” Charles Chaplin

Esta questão me perturbou um pouco “Todas as opiniões que eu tenho sobre deus vem de onde?” Ora por enquanto só do que os homens e mulheres falam cada um acha que deus é de uma maneira cada um acha que deus é assim ou assado, mesmo em uma religião as opiniões são diversas, por exemplo, se pegarmos 1000 pessoas e pedirmos para ela listar 10 características de deus terão pelo umas 100 características diferentes sendo que pelo menos 1/4 delas se conflita isto é, o que uma acha que pertence ao divino à outra acha que seu antagônico também é, todos tem a formula. Entramos em uma situação conflitante, pois se eu quiser procurar deus só terei a opinião das pessoas sobre deus e todas estas opiniões com sérios e graves problemas de lógica, imagino o quão inútil é acreditar em algo em que não existe nenhum consenso sobre a existência e se existe como é que ele atua, fica obvio que assim tentamos forçar características para deus conforme o que nos mesmo achamos de melhor para nós, por isto muitos não aceitam o deus de outra religião, e vice-versa, mas isto é errado pois se você é católico de cada 6 pessoas no mundo 5 acham que você esta errado, seria correto acreditar neste deus? Mas por incrível que pareça ser católico é a melhor probabilidade de estar certo se considerarmos a opinião humana sobre deus, imagine ser de outras religiões a quantidade de pessoas que discordam de você aumenta exponencialmente.
Mas vamos ser corretos em nossa analise e você pode me indagar que 99 pessoas a cada 100 acham que eu estou errado, então eu não poderia usar este tipo de analise com as religiões? Posso sim, pois no meu caso eu acho que todas estão erradas pois não podemos dar características conflitantes para uma coisa só, pés de laranjas só dão laranjas independente do que eu acho, eu posso querer muito que o pé de laranja de melancias mas de nada vai adiantar, pois no final terei laranjas.
No caso do pé de laranja eu posso ir lá e verificar qual tipo de fruto irei colher se são melancias ou laranjas. Mas e no caso de deus? Como eu posso verificar se o que você deseja que ele seja é realmente o que ele é? Será que você não quer que ele de melancias quando ele somente pode dar laranjas? Você pode estar cometendo um grandíssimo erro ao desejar algo realmente absurdo para deus, tão absurdo quanto laranjeiras com melancias em seus galhos e pior uns acham que são melancias outros acham que são pitangas, outros abacates outros o absurdo de laranjeiras darem tomates ou até cebolas como no caso de algumas minorias no interior dos Estados Unidos, mas quem disto tudo esta certo? Você deve achar absurdo discutir que tipo de fruto uma laranjeira dá, também acho absurdo, como também acho absurdo discutir o que realmente deus é, pois ninguém sabe, pois a multiplicidade de opiniões sobre uma coisa não é prova de existência, mas sim de desconhecimento, podemos disto tudo ter certeza de uma coisa, não conhecemos deus, não sabemos como ele é como ele age, como surgiu, se ele nos ouve, se é todo-poderoso, se não é, isto realmente não sabemos e isto é provado na quantidade de respostas, se um professor perguntar para um aluno o que esta escrito na pág. X e ele responde “Pipocas” e o mesmo professor perguntar para outro aluno o que esta escrito na pág. X e ele responder “Goiabas” o professor terá que ele mesmo olhar o que esta escrito, será que ele ao olhar a página não constará para seu próprio espanto que a página estava em branco? Podia os alunos estar imaginando palavras porque o professor pediu para ele ler o que estava escrito e ele ao olhar que nada estava escrito logo pensou “O professor não iria pedir para eu ler uma página que não tem nada escrito” e assim soltou “Pipocas” e “Goiabas”? Será que não estamos lendo páginas em branco? Esqueça o deus dos humanos, procure o deus real, estou procurando. Se perguntar “Você já achou?” responderei “Não por enquanto não”.

sábado, 11 de julho de 2009

A entrevista de Dawkins para o Globo

Links para esta postagem
Ótima entrevista do Richard Dawkins para o Globo recomendo a leitura como sempre muito bem esclarecido e tenaz.

http://oglobo.globo.com/blogs/prosa/posts/2009/06/27/richard-dawkins-um-devoto-do-ateismo-199515.asp

Frase ótima

"Acho que muito do mal do mundo tem a ver com a religião. Acreditar em algo sem evidências é muito pernicioso. "

Um dos grupos mais odiados

Links para esta postagem
Recente pesquisa da Fundação Perseu Abramo sobre a Diversidade Sexual e Homofobia no Brasil Intolerância e respeito às diferenças sexuais, divulgou o grau de aversão ou intolerância a determinado grupos de pessoas. Cada pesquisado era indagado com a seguinte pergunta: “Vou falar de alguns grupos de pessoas e gostaria que você dissesse o que sente normalmente quando vê ou encontra desconhecidos do tipo deles”. Confira abaixo as respostas.



É incrível saber que estou incluído nesta lista e no topo dela ainda por cima, 17% da população tem ódio e repulsa por eu ter uma visão do mundo diferente, e 26% não quer nem me encontrar só perco para usuários de drogas . Penso que um dos maiores ensinamentos de Jesus era que devíamos a amar as pessoas, não importando como elas são eu não odeio os religiosos, sou aberto quanto ao meu ateísmo todos que me conhecem por algum tempo sabem que sou ateu e mesmo assim me tratam bem e por igual, como eu trato todos eles, não acredito que o amor pelos outros esta em uma entidade divina, pois estes 17% que me odeiam sem me conhecer, não tem o amor que Jesus prega, portanto é uma prova empírica que não basta só acreditar em deus, para mim nem precisa se acreditar em deus para ser uma pessoa boa e sensata, como provado mesmo acreditanto em deus estas pessoas geraram ódio mesmo que seja para com ateus é ódio e coisas horríveis podem ser feitas por pessoas que tem ódio no coração.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Somente a vontade de deus

Links para esta postagem
Eu acho que antes de qualquer emprego, doença ou qualquer outra coisa que você ache que foi deus quem lhe deu ou te proporcionou, devemos lembrar-nos de pessoas que estão em situação muito pior que são simplesmente ignoradas pelo nosso senhor, seria porque este pobre garoto não louva deus o suficiente? Será que ele não puxa o saco de deus o suficiente? Digo novamente não confio em um deus que deseja ser louvado para que assim ele atenda as suas solicitações. Nada justifica uma criança passar fome e morrer de inanição nada, se deus criou o homem ele tem responsabilidades, se ele ignora estes acontecimentos ele não é digno de qualquer confiança. Vamos encarar a realidade não existe ninguém olhando por esta pobre criança, se não fizermos nada, ninguém irá fazer ninguém.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Don't look so surprised It's only god want´s

Links para esta postagem
"O homem não passa de ferramenta nas mãos
Do grande Deus Todo Poderoso
E o deram o comando
De um submarino nuclear
E o mandaram de volta em busca
Do jardim do Éden"
Roger Walters (Perfect Sense)
Não olhe tão surpreso é só a vontade de deus, não olhe para as guerras com este olhar de espanto, não olhe para a fome na áfrica pasmo, não olhe tão surpreso, você já sabia que isto tudo é a vontade de deus. Ajoelhe-se reze bastante,mas parece não adiantar, nada muda a vontade de deus, este velho barbudo sempre tão teimoso será que não percebeu que tem algo errado com suas vontades? Ele quer bondade, ele quer guerra, ele quer implantes nos seios, ele quer solidão, deus quer desenvolvimento, deus quer salvar os oceanos, deus quer dinheiro, deus quer pobreza, deus quer TV´s, deus quer contribuições. Oh deus nos ajude, nos ajude de suas próprias vontades.

Não olhe espantado para mim, sou vontade de deus, pois nada muda aquilo ou aquele que tudo sabe, esta em tudo e tudo pode, somos o instrumento em sua mão, “ora e o livre arbítrio?” Você me indaga. Ora digo eu você não daria livre arbítrio para uma espécie que se mata a todo tempo ou daria? Se deus nos deu o livre arbítrio mais culpado é ainda ele pelo mal no mundo, quem em sã consciência daria o livre arbítrio para uma espécie tão conturbada como a nossa? Agora você crente na existência de deus principalmente neste tipo de deus que interage com nossas vidas, não olhe tão surpreso para a maldade do mundo ela é a vontade do seu deus, pois para aquele que criou o universo eliminar a maldade não seria tão complicado ou seria? Ou que tipo de sádico seria deus deixando o sofrimento permear todo o mundo sem fazer nada? Seria para o desenvolvimento da humanidade? Mas para que? Nos seres inferiores já entendemos que ninguém aprende levando chibatadas, coisa altamente amoral, mas porque deus de infinita inteligência e bondade nos infringe este tipo de pedagogia? Seria mais fácil nos mostrar rios de sangue e sofrimento seriam poupados. Mas nos dizem que assim seria muito fácil, hora e porque não pode ser tão fácil? Se nos mostramos para nossos filhos porque o ser mais magnífico que o nada criou não pode fazer igual? Ou não existe tal ser magnífico ou ele não quer, então não olhe tão surpreso para o mundo ou para uma criança sendo arrastada por quarteirões isto tudo é só a vontade de deus.

It´s god want´s, it´s god want´s, What god want´s, god gets. God help us all by yourself.

Texto baseado no excelente cd Amused to Self to Death do Roger Waters