quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Novo trabalho

Links para esta postagem
Paralelamente a este blog desde a semana passada também estou escrevendo este outro blog.



www.c3dbrasil.blogspot.com


Os assuntos são totalmente diferentes, então se eu demorar a escrever aqui não quer dizer que abandonei o blog.

Holanda e o mundo sem religião

Links para esta postagem
Nunca cheguei efetivamente a imaginar o mundo sem religião, lógico que sei que o mundo em um breve espaço de tempo não terá mais a religião. O movimento ateísta que se forma agora é sólido, justo e moralmente honesto, se aliou a ciência e não a filosofias, portanto é incorruptível já que o principio da ciência é a verificação sistemática por repostas, não se atem ao passado, é constante, moderna e mutável, o mundo avança com o combustível cientifico. Portanto o ateísmo é uma consequencia natural da educação cientifica. Ser ateu é ser cientificamente honesto.



Então o mundo caminha a passos largos para erradicação da religião, e tem mais, não é só a ciência que suporta o ateísmo, mas também a falta de praticidade. A religião existe desde que nos conhecemos por gente e em todo lugar que ela é o ditador da moral acontecem atrocidades, o mundo esta cansado de deuses e pastores, mais de pastores, afirmo que 80% (sendo simpático) da população mundial não segue mais padres, pastores, e todo o tipo de guia espiritual e digo que boa porcentagem não segue se quer os ditames de uma religião, estes ateus práticos formam a massa que deixará as próximas gerações escolherem o ateísmo como opção evidente e lógica. Eu sinceramente acho que isto separará dois momentos na civilização humana será efetivamente uma quebra de paradigma, mas achava que isto só iria ocorrer daqui uns 200 anos, mas confesso que fiquei abobado com a noticia vinda da Holanda. Leia


http://www.pbagora.com.br/conteudo.php?id=20101026134849&cat=mundo&keys=-religiao-baixa-igrejas-amsterda-viram-bibliotecas-cafes


Se isto se consolidar posso ver o vaticano ser chamado só de Museu antes de morrer. Será? Estou pensando já o que fazer com as igrejas da cidade.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Uma defesa a FHC por FHC

Links para esta postagem
Isto é história, aqui uma defesa clara e muito bem feita. E é incrível que é exatamente o que escrevi há um tempo (link), tem partes que frases inteiras estão iguais. Fico feliz porque já estava achando que estava em outro país entre 1981 e 2002. Tenham o prazer de ver e ouvir estes vídeos que são uma aula de história e de conhecimento sobre economia, política, sociologia e humanidade.

Parte 01 - O Plano Real segundo FHC



Parte 02 - PT, Real e a Lei de Responsabilidade Fiscal



Parte 03 - Como foi a transição de FHC para Lula



Parte 04 - FHC X Privatizações



Parte 05 - Privatizações: FHC se arrependeu?



Parte 06 - FHC fala sobre reestatização, PROER e PROES


Parte 07 - FHC fala sobre o Senado



Parte 08 - Acordos, ministérios e mensalão



Parte 09 - Compra de votos na reeleição



Parte 10 - As obras físicas de FHC



Parte 11 - Programas sociais e o Bolsa Família



Parte 12 - SUS e cargos de confiança



Parte 13 - Esquerda, direita e bolivarianismo




Parte 14 - FHC, Lula e a política externa



Parte 15 - Rotina de ex-presidente



Mente Global

Links para esta postagem
Estou pensando em um futuro site/programa que não será desenvolvido por mim já que não tenho inteligência para tanto. Este programa ira “ler” tudo o que existe na internet sobre uma pessoa ou empresa cadastrada e armazenaria esta informação, seria o armazenamento físico e imutável, isto é, se hoje sai uma noticia sobre a minha pessoa em algum jornal X ou Y, automaticamente seria armazenado nesta grande mente, não só noticias sobre a pessoa, mas também o blog, o site de relacionamento, o twitter, tudo o que envolve a pessoa e a internet em um primeiro momento. Penso até que este programa poderia incluir informações pessoais, de todo tipo, desde o próprio endereço até informações bancarias, sim é meio utópico pensar em armazenar estas informações, mas vamos pensar melhor sobre isto.


Imaginem que inicialmente o programa recolha somente informações publicas que já eram de conhecimento geral, e o usuário pode liberar a coleta ou não de maiores informações a partir de um programa instalado em seu computador que armazenaria todos estes dados no próprio computador, e o usuário teria a liberdade de programar a liberação dos dados em determinado tempo, por exemplo, após a sua morte ou até após 10, 15 ou 100 anos após sua morte, o usuário terá o controle de quando quiser liberar os dados, mas não poderá alterar estes dados, pois são imutáveis.

Mas para que serve um site ou organização que faça uma coisa destas? Simples isto são dados, e quanto maior, maior é o retrato da época. Podemos daqui 200 anos saber exatamente a partir destas informações qual a quantidade de pessoas que eram ou não a favor do aborto no Brasil, e dividir isto em várias categorias. Se o mesmo tiver um blog, as suas opiniões podem ser revistas pelas pessoas do futuro, imaginem se tivéssemos um relato de um acontecimento de 2000 anos atrás em vários blogs com várias opiniões e dados de jornais, com editoriais, saber exatamente como eram aquelas pessoas e até "conversar" com elas. Sim exatamente isto, conversar com as pessoas, este programa terá um algoritmo incrível, este algoritmo terá a capacidade de só não localizar informações e armazenar, mas também "ler" estas informações, por exemplo, se alguém pesquisar o Brasil e me achar lá e resolver, por exemplo, perguntar "Oi qual time você torcia?" o programa iria ler minhas informações e responder, mas não só isto, perguntas complicadas poderiam ser feitas do tipo "Qual sua posição sobre a legalização da maconha e suas consequências para o país no século 21?" o programa terá a capacidade de interpretar a partir dos seus textos informações relativas a esta indagação.

Mas podemos pensar mais profundamente, podemos ter dispositivos de armazenamento instalados junto do corpo com transmissores Wi-Fi que registrem tudo o que sai de nossa boca e tudo que nossa retina registra, e isto, no final do dia seriam transmitidos via Wi-fi para o seu computador e registrado neste programa que irá processar e armazenar, portanto não precisaremos só escrever nossas opiniões, mas qualquer conversa com qualquer pessoa já passaria a contar em nosso registro. Imagine toda nossa vida armazenada e registrada, seríamos eternos, todas nossas lembranças, desejos, anseios, opiniões, compartilhadas para todo o sempre, feliz as pessoas deste futuro que poderiam saber exatamente o que estava acontecendo em qualquer ponto do passado, seria realmente viajar no tempo.

Pensando mais alto, o programa do futuro poderia evoluir de tal forma que criaria um mundo inteiro em realidade virtual, imagine com todas estas informações todos poderiam acessar um dia qualquer no passado e realmente viver aquele dia, isto é totalmente possível, pois teríamos armazenados dados de localização por GPS, teríamos as falas gravadas, as imagens gravadas diretamente de nossa retina, teríamos todas informações físicas, temos o Google Earth do futuro com total exatidão todo relevo do campo e detalhes das cidades tudo em 3D, se unirmos isto tudo e alem disto melhorarmos podemos facilmente emular uma pessoa inserida em um ambiente virtual, associando isto a diversos outros usuários teríamos um mundo inteiro, poderíamos passar nossa vida como realmente um filme e não só isto podemos entrar e com a devida programação assumir a posição da pessoa e criar um novo universo.

Evoluindo ainda mais, se isto existisse hoje, podíamos emular o futuro, exemplo, se você tem uma duvida sobre se deve ou não pedir ao chefe um aumento, simples, isto se todos aceitarem deixar seus avatares livres para uso, você pode criar um mundo paralelo e se inserir nele copiando a coisas que gerem a situação da pergunta, o programa irá emular de forma bem real, o dia da tal pergunta, você acordaria neste mundo, e com base nas informações de outras milhares de vezes que você acordou no mundo real e junto com as características e tendências dos últimos dias realmente conseguiríamos emular de forma muito convincente, imagine que no dia anterior estivesse chovendo e no dia seguinte pela previsão teríamos sol, o programa automaticamente iria pegar um dia de sol em uma data no passado compatível com a data atual e usar o ambiente na emulação, mas manteria a imagem do quarto do dia anterior, gravado pela sua retina, com todos os detalhes mesmo os diferenças de ambientação para o dia de sol, seria um photoshop em cima de um ambiente de chuva para um de sol, bom continuando, você acordaria iria ao trabalho, e nisto paralelamente o software esta emulando a vida de todos os outros envolvidos, com as ultimas informações recebidas, por exemplo, uma briga do seu chefe com a mulher dele, automaticamente o software irá emular com base nos seus arquivos a melhor reação possível do chefe, paralelamente todos os que estão passando na rua no caminho para o escritório estão sendo processados e emulados, até você chegar e conversar com o porteiro que puto pelo seu time ter perdido não te responde o bom dia, chega e vai tomar o café que está frio pois é do outro dia o software já sabe que o filho da copeira esta com 38 graus de febre e poucas chances de melhorar, obrigando a mãe faltar no trabalho, nisto você repara que seu chefe chegou, vê a expressão de poucos amigos mas acha normal vindo dele que é sempre difícil prever seu humor, automaticamente você vai lá cumprimenta e depois da alguma futilidades pede o aumento, o chefe olha pensa um pouco e vai dar a resposta, mas no momento toca o telefone é a secretária avisando sobre uma reunião que já esta começando com a diretoria, reunião esta que a secretária deixou programada em seu diário em que deveria ligar exatamente naquele horário, fazendo assim com que ele diga para conversarem mais tarde. Com isto você desliga a emulação e pode avalia se deve ou não fazer a pergunta ou esperar mais tarde para ver qual é a reposta emulada. Logicamente que quanto mais tempo se passa do momento atual, pior será o resultado emulado em relação ao que realmente irá acontecer o próprio programa poderá gerar dados estatísticos sobre as possibilidades e chances e até indicar exatamente o melhor momento para a pergunta, baseando em eventos passados onde poderá usar até a pergunta de outros funcionários e comparar os momentos.

Isto se em algum dia do futuro for possível seria maravilhoso, mas relendo agora, até que serviria para um roteiro de filme, imaginem o protagonista se perdendo entre o mundo real e o emulado em uma série de dilemas morais.

Outro dia escrevo mais sobre isto.