terça-feira, 13 de novembro de 2012

Se Deus existe tudo é permitido, e o que não é ele perdoa.

                    Erroneamente, citam que Dostoiévski, escreveu no livro "Os Irmãos Karamazov" que "Se deus não existe, tudo é permitido" esta frase não existe no livro, tem um trecho que parece ser isto, mas é outro sentido. Mas ela é útil, porque é exatamente o contrário, se Deus existe, então tudo é permitido, Deus é Perdão, NÃO IMPORTA O QUE VOCÊ FAÇA, deus te perdoa, o cara que criou o Universo inteiro te perdoa por qualquer coisa que você possa fazer, então não existe limite, imagina ensinar isto para uma criança? Ela cresce entendendo que tudo o que ela fizer de errado, basta pedir perdão, a desculpa é uma boa desculpa para tudo.
                  A maioria das religiões obriga a pessoa a falar os seus erros para Deus, para que assim ele seja perdoado, é algum tipo de reconhecimento do erro, e assim Deus, que reconhece a fabalidade humana o abençoa e o perdoa, em um circulo viciosa gigantesco, você ensina o seu filho, que Deus é um ser perfeito e irá te perdoar porque você é humano, portando, passível de erro, não é perfeito, apesar de ser criação de algo perfeito, eu não entendo como a perfeição, consegue conceber o imperfeito, mas isto é outra discussão. 
                 Deus é o todo-poderoso, mas permite o humano a fazer coisas erradas? Esta teoria é tão idiota que tem alguns crentes, que usam a seguinte lógica 'estou roubando, estou fazendo algo errado, estou até matando, mas estou indo todo dia na Igreja, falando com deus, louvando deus, orando a deus, e tenho um vida boa, se deus é o todo-poderoso, se tudo o que é decidido aqui neste planeta é feito por deus, então como em sã consciência estou sendo abençoado por Deus, então tudo que estou fazendo é correto, se não fosse correto, Deus de alguma maneira não permitiria eu me enriquecer".
               Então "Se Deus existe tudo é permitido, e o que não é ele perdoa" 

4 comentários:

  1. Deus existe, agora vincular á uma religião, seja ocidental ou oriental...ai meu caro, é humanizar Deus que ofende até mesmo a nossa concepção de intelecto.
    Deus existe e se você crê em sua existência ou não, de graças a Deus por você crer ou não...rs irônico, mas particularmente, creio na existência de algo que se atribui como Deus, como algo superior e criador de leis (física, química, fenômenos) em que estamos submetidos....
    Abraços, Léo Leandro.

    ResponderExcluir
  2. Deus existe? Eu procuro a prova para isto ainda, se você tiver esta prova gostaria que a compartilhasse.

    Mas como dizia Carl Sagan
    “A idéia de que Deus é um gigante barbudo de pele branca sentado no céu é ridícula. Mas se, com esse conceito, você se referir a um conjunto de leis físicas que regem o Universo, então claramente existe um Deus. Só que Ele é emocionalmente frustrante: afinal, não faz muito sentido rezar para a lei da gravidade!”

    Lembre-se que para grandes alegações precisamos de grandes evidências, se você diz claramente que deus é o criador das leis da física, preciso que alguma evidência para isto, não vale utilizar o bordão "alguém criou isto" quem criou o criador? Perguntas como estas são mais sinceras e devemos utiliza-las com ceticismo e coragem.

    E se Deus não se manifesta na religião organizada, em nenhuma dela, como você mesmo diz, e se o mesmo nunca falou por humanos, como você mesmo diz, então qual o motivo para acreditarmos em Deus? Se o mesmo não se manifesta de nenhuma maneira (lembre-se das evidências) não vale falar de sol, vento, ar e estas manifestações físicas.

    O mundo é regido por equações matemáticas, tudo é regido por equações, na vida prática deus é totalmente inútil, não se usa deus para construir casas, para curar doentes, para fazer estradas, para compor musicas, nada, o equipotencial de forças é todo conhecido, não temos lacunas, neste caso, uma partícula de luz não tem massa, se a mesma não estiver energeticamente carregada, e podemos detectar, deus então:
    1-Não se manifesta pelos humanos (como você mesmo disse)
    2-Não se manifesta pela natureza, basta olhar o mundo, imagina a chatice que seria calcular um Laje em um Vão Livre, se deus se manifestasse toda hora, quebrando toda harmonia de forças que já conhecemos no universo?

    Então não tem porque achar que ele existe, é um exercício inútil, se ele existir, é o mesmo que a décima segunda casa decimal depois da virgula totalmente irrelevante.

    E lembre-se
    "A um Deus das Lacunas é atribuída a responsabilidade pelo que ainda não compreendemos."

    Somos ignorantes e isto não quer dizer que deus exista, porque não compreendemos muitas coisas que existem, é mais simples.

    ResponderExcluir
  3. Compreendo a exigência de evidência que pode ou não provar que Deus existe, agora me permita viajar...talvez eu use um mal exemplo ou analogia mal aplicada... imagina um robô com sua programação, ele tem sua "verdade" absoluta, ele executa simplesmente 4 passos... mas sabemos que ele foi programado para isso... estamos além da "verdade" relativa do robô. E para ele não existe um programador.
    Não compreendemos nem nosso corpo, mas toda a humanidade de uma maneira em geral tem por sua natureza, se expressar de uma maneir auma fé ou crença em algo superior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leonardo, não vou usar a minha ignorância para provar que deus existe, este Deus das Lacunas que você propõe é infundado.

      Recomendo este video
      http://www.youtube.com/watch?v=FiaAXs84VjU&feature=share

      Excluir